Publicação
A COMBINAÇÃO DE ATIVOS
E BASES ACIONÁRIAS PARA GERAR A MAIOR
EMPRESA DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

O inacreditável aconteceu para muitos que achavam ser
boatos a recente notícia veiculada por sites e jornais de
negócios sobre o que se pode entender como a compra
da Fibria pela Suzano. Tecnicamente, a assinatura
do acordo pela Suzano Papel e Celulose – anunciado
oficialmente no dia 16 de março último – gera uma combinação de
seus ativos e bases acionárias com os da Fibria Celulose S.A., que hoje
tem como acionistas controladores a Votorantim S.A. e o BNDES Participações
S.A. (BNDESPAR).
Anexos

Arquivo Rep Especial

PDF | 773 Kb

 

Patrícia Capo
Editora
tel. (11) 38742725
Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009