Publicação
O cenário global da economia, com a crescente demanda
de celulose pela China, impulsiona nossa produção e
nossas exportações e continua a atrair olhares para o
nosso parque florestal e industrial para produção de celulose.
Isso pode se observa pelas recentes fusões, aquisições e acomodações
societárias dos médios e grandes produtores de celulose
e papel, trazendo para o Brasil players internacionais.
O movimento em direção da consolidação da nossa indústria teve
início há uma década e pode-se dizer que vem transformando o
comportamento dos fornecedores de madeira. O chamado “apagão
florestal”, cogitado no início do processo de fusões, aquisições e
conjugação de ativos, não ocorreu e estamos bem longe disso. Ao
contrário, em 2018, deveremos ter excedente de Pinus e Eucalipto
no Brasil, ou seja, oferta de matérias-primas florestal.
Fazendo um apanhado geral, sob o ponto de vista jurídico da
posse e propriedade da terra, o impedimento legal de aquisição de
terras por estrangeiros foi mantido e isso fez com que se acirrasse
a competição entre médios e grandes produtores pelo fornecimento
de matéria-prima e biomassa florestal. Consequentemente, o preço
desses produtos está pressionado e, portanto, será um desafio a ser
enfrentado. (Obs.: entenda a questão do impedimento da compra de
terras por estrangeiros na coluna Setor Florestal em Questão, artigo
publicado na edição de agosto/2017 da revista O Papel, disponível
em www.revistaopapeldigital.org.br )
Anexos

Download do arquivo

PDF | 1045 Kb

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009