Controle biológico da Bracell reforça sustentabilidade

Publicação
Controle biológico da Bracell reforça atuação sustentável no manejo de pragas



Comprometida com a sustentabilidade em todas as suas operações, a Bracell, uma das líderes na produção de celulose solúvel, investe de forma contínua em pesquisa e desenvolvimento, aplicando alta tecnologia em equilíbrio com o meio ambiente. Aliado a isso, a empresa aposta no controle biológico, utilizando o Manejo Integrado de Pragas (MIP), que consiste em um conjunto de ferramentas para controle de pragas (insetos que causam danos econômicos ao agricultor ou à sociedade). Trata-se de uma técnica que utiliza inimigos naturais (outros insetos) e microrganismos (fungos, bactérias ou vírus) que atuam sobre as pragas que precisam ser combatidas nos plantios de eucalipto.

É tendência mundial priorizar o uso de agentes biológicos no controle de pragas, mesmo que os defensivos modernos utilizados hoje na atividade florestal sejam seguros e não prejudiquem o ambiente, plantas, animais ou pessoas. Barbara Puretz, Pesquisadora Florestal da Bracell SP, explica que o controle biológico utilizado pela companhia é focado no aumento da população de inimigos naturais que já ocorrem naturalmente nas plantações de eucalipto. “Esses insetos e microrganismos já existem, só que em vários casos, a quantidade não é suficiente para controlar uma praga que venha aparecer. Então, na área de Pesquisa & Desenvolvimento Florestal, criamos em laboratório uma grande quantidade de inimigos naturais e, em seguida, liberamos em locais que podem ter problemas com pragas”, explicou Barbara.

Barbara Puretz reforça ainda que, este é um modo seguro, sustentável e que reduz o uso de defensivos. A companhia conta com um corpo técnico que atua na proteção das florestas de eucalipto, desde as mudas até a colheita das árvores adultas, reduzindo potenciais perdas de produtividade. Por meio dos resultados de pesquisas, a equipe aplica técnicas inovadoras, garantindo a manutenção da saúde dos plantios, combatendo pragas como o Psilídeo de Concha, Percevejo Bronzeado, lagartas desfolhadoras, dentre outros.

A Bracell participa ainda de projetos cooperativos na área de pragas e doenças com instituições importantes, como a Universidade Estadual Paulista (UNESP), além de grandes centros de pesquisa, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Floresta) e Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF). Essas ações reforçam ainda mais o compromisso da companhia com práticas sustentáveis de manejo do eucalipto.

 Fonte: Bracell

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009